Com 45 aves aves nativas em cativeiro, homem é preso e multado em R$ 22,5 mil
Foto: Divulgação/Polícia Ambiental

Crime ambiental

Com 45 aves aves nativas em cativeiro, homem é preso e multado em R$ 22,5 mil

Paraná por Letícia Tristão/GMC Online em 13/01/2021 - 08:53

A polícia atendeu três ocorrências de crimes ambientais nessa terça-feira (12) como apreensão de aves nativas e pesca predatória na região de Maringá.

A Polícia Ambiental atendeu três ocorrências de crimes nessa terça-feira (12). A intensificação das fiscalizações fazem parte da Operação Verão da Polícia Ambiental no Paraná.

O primeiro foi um caso de apreensão de aves nativas em cativeiro, em Cianorte.

Após uma denúncia, a polícia encontrou em uma residência, no bairro Seis Conjuntos, 45 aves nativas em cativeiro, sem autorização do órgão ambiental. Segundo a polícia, o proprietário da casa foi preso e multado em R$ 22.500,00 pelo crime.

É o que explica o capitão Luciano Buski, comandante da 3ª Cia Ambiental Força Verde. [ouça no áudio acima]

Cerca de oito espécies nativas foram apreendidas, entre elas Sabiá, Canário-terra,e Curió.

As aves apreendidas passaram por perícia de biólogos. Seis delas não estavam aptas a retornar a natureza e foram levadas ao IAT. As demais aves foram reintegradas à natureza.

Na casa, a polícia ainda apreendeu um alçapão e 38 gaiolas. [ouça no áudio acima]

A outra ocorrência foi uma apreensão de materiais de pesca ilegal, em Itambé. Segundo a polícia, um veículo estacionado em uma plantação de soja chamou a atenção. Por uma trilha até às margens do Rio Ivaí, os policiais viram um homem em uma canoa armando redes de pesca. a terceira ocorrência também de pesca ilegal foi em Diamante do Norte. [ouça no áudio acima]

A polícia reforça que o apoio da população é fundamental. As denúncias de irregularidades ambientais podem ser feitas pelo telefone 181.

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550