Operação contra o tráfico interestadual de drogas prende duas pessoas
foto: divulgação/Polícia Civil

Região

Operação contra o tráfico interestadual de drogas prende duas pessoas

Segurança por Monique Manganaro/GMC Online em 24/10/2020 - 14:39

A Polícia Civil do Paraná realizou na manhã deste sábado (24), mais uma fase da Operação Ícaro-Colorado, que investiga a atuação de uma organização criminosa no tráfico interestadual de drogas. Duas pessoas foram presas e sete veículos foram apreendidos. 

Segundo informações da polícia, a operação ocorreu em cinco cidades da região de Maringá – Colorado, Itaguajé, Cambé, Astorga e Arapongas -, além de outros três municípios do estado de São Paulo – Sandovalina, Pirapozinho e Rosana. 61 policiais civis estavam envolvidos. 

A investigação começou no ano passado, depois que um avião monomotor carregado com 30 quilos de cocaína caiu em Rio Negro, cidade da Região Metropolitana de Curitiba. A Polícia Civil apurou que o avião saiu de Arapongas e levaria a droga para a capital paranaense. O piloto foi preso. 

Depois desse caso, a quadrilha investigada passou a utilizar pistas rurais de Colorado para abastecer aeronaves e distribuir a droga. A organização, segundo a polícia, é internacional.

Em outras etapas da operação, os policiais chegaram a prender oito integrantes da organização criminosa. Em julho deste ano, no Mato Grosso do Sul, outras quatro pessoas foram flagradas pela Polícia Federal com 903 quilos de maconha e também foram presas. No mês passado, mais quatro suspeitos foram presos. De acordo com a polícia, eles eram responsáveis pelo abastecimento das aeronaves e transporte de drogas. 

“Mesmo com as ações policiais a movimentação de aeronaves continuou intensa”, afirma a polícia. Neste sábado, então, novos mandados judiciais foram cumpridos e outros dois suspeitos foram presos. Nas casas onde eles estavam, em Itaguajé e Sandovalina, os policiais encontraram armas. 

Sete veículos que podem ter relação com lavagem de dinheiro também foram apreendidos. 

A investigação da Polícia Civil continua para identificar outras pessoas possivelmente envolvidas com a quadrilha. 

Acesse GMC Online

 

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550

Foto: Arquivo/Polícia Civil
Foto: Arquivo/Polícia Civil