A "força" do fake e a necessidade do fato
CBN Maringá

Opinião

A "força" do fake e a necessidade do fato

O comentário de Gilson Aguiar por Gilson Aguiar em 16/09/2021 - 07:52

Uma pesquisa feita perlo Instituto de Tecnologia de Massachusetts mostra que a fake News se espalha mais rápido do que a notícia verdadeira. Feita com milhares de usuários do twitter nos Estados Unidos, analisando milhares de postagens entre 2006 e 2017, mostra que as notícias falsas se espalham 70% mais rápidas do que as verdadeiras.

A proporção de disseminação da falsidade chega ser assustadora. Enquanto uma notícia verdadeira postada se propaga na proporção de um para mil, a falsa pode chegar de um para 100 mil.

Apesar do levantamento ter sido feito com perfis norte-americanos, os pesquisadores consideram que ele pode ser considerado uma medida para usuários da internet em qualquer parte do mundo.

Uma das curiosidades da pesquisa é que os perfis que espalham as fake News não são de pessoas famosas, influenciadores. Os disseminadores de mentiras são perfis de pessoas com pouco seguidores.

O segredo da publicação falsa está no sentimento que ela provoca, indignação, medo, surpresa. Diferente da notícia verdadeira que provoca tristeza, alegria, preocupação ou satisfação. Logo, para os propagadores de falsidade, quanto pior melhor.

Vale lembrar que 9 em cada dez brasileiros já receberam mentiras na internet. Durante o período da pandemia as fake News sobre o coronavírus se disseminaram mais rápido que a doença. No isolamento social, o ambiente para a acreditar na mentira é ideal. A pesquisa feita em abril, e com várias redes sociais.

Temos que aprender que nosso comportamento nas redes sociais pode ser a solução ou um dos motivadores de problemas. A informação é vital para podermos enfrentar dilemas, desafios e melhorar nossa qualidade de vida. Exercer a cidadania é resultado de conhecimento sobre o que estamos vivendo. Por isso, busque ter certeza de que as informações que recebe tem fonte segura. Faça sua parte!

Quer fazer contato com Gilson Aguiar, encaminhar uma sugestão? Envie uma mensagem para o WhatsApp da CBN Maringá. O número é (44) 99877 9550