Candidatos a prefeito de Sarandi já arrecadaram R$ 783 mil
Imagem Ilustrativa/Foto: EBC

Eleições 2020

Candidatos a prefeito de Sarandi já arrecadaram R$ 783 mil

Eleições 2020 por Victor Simião em 11/11/2020 - 18:57

Candidatos a prefeito de Sarandi já arrecadaram R$ 783 mil. O valor é a soma das receitas de três concorrentes ao cargo. Um deles informou não ter recebido nada até o momento.

Sarandi, cidade vizinha a Maringá, tem quatro candidatos a prefeito. Juntos, eles informaram à Justiça Eleitoral terem arrecadado R$ 783 mil. O valor é o resultado de cálculos feitos pela CBN nesta quarta-feira (11), a partir da prestação de contas de campanha feita por cada um deles.

Disputam a Prefeitura de Sarandi Aparecido Bianco (PT), Carlos Alberto de Paula Junior (PP), Fernando Santana (PTC) e Walter Volpato (PSDB). Este último é o atual prefeito e tenta a reeleição.

As candidaturas de Bianco e Fernandinho, como se apresenta o candidato do PTC, foram deferidas pela Justiça sem problemas. A de Volpato, com recurso. Já a do ex-prefeito De Paula, como ele é conhecido, foi indeferida com recurso. Como o resultado deve ser questionado ainda, a reportagem levou em conta o quanto ele arrecadou.

Quem lidera a arrecadação é Walter Volpato. Até o momento, ele informou ter obtido R$ 369 mil. A maior parte veio do PSDB: R$ 250 mil. R$ 35 mil vieram de recursos do candidato. O PSC, sigla coligada, transferiu R$ 25 mil. O restante é de doadores. 

Na sequência está De Paula. Ele declarou ter recebido R$ 342 mil até este momento. R$ 300 mil vieram do PP. R$ 33 mil do bolso dele. E o restante, de demais doações. 

Candidato do PT, Bianco teve receitas de R$ 72,5 mil. A sigla repassou a maior parte dos valores: R$ 65,7 mil. Demais doadores contribuíram com o restante. 

Fernandinho, do PTC, não informou nada à Justiça Eleitoral até o momento. 

Em Sarandi, candidatos a prefeito podem gastar até R$ R$ 382 mil na campanha. O valor muda de cidade para cidade devido ao número de habitantes e outras regras.