Em 2018, população apontou segurança como prioridade no Orçamento
Imagem ilustrativa/AEN

Maringá

Em 2018, população apontou segurança como prioridade no Orçamento

Cidade por Victor Simião em 29/05/2019 - 13:00

29% dos participantes escolheram essa área. Na segunda colocação veio saúde.

No projeto do Orçamento Cidadão 2019, feito no ano passado pelo município, a área escolhida para receber prioridade foi segurança pública. Segundo dados da Prefeitura, dos 1000 participantes que responderam ao formulário online e/ou apresentaram demandas pessoalmente, 29% escolheram essa área. Em seguida, veio saúde, com 17% dos votos. Assistência Social e Esporte e Lazer ficaram na terceira e quarta colocação, cada uma com 9% das escolhas. Educação ficou na sétima colocação.

No caso da Segurança Pública, 47% dos participantes pediram ampliação/melhoria do policiamento. Neste ano, a Prefeitura de Maringá separou R$ 18 milhões para a Secretaria de Segurança Pública.
Na Saúde, 28% queriam mais consultas especializadas. Neste caso, o município vem tentando realizar mutirões para reduzir os números.
No Orçamento 2019, a Saúde corresponde a 30% do total de R$ 1,7 bilhão. Segurança, 1,1%.

Vale ressaltar que a Segurança Pública é obrigação do Governo Estadual.

Agora, para pensar o Orçamento 2020, Prefeitura de Maringá criou um formulário chamado de Orçamento Cidadão 2020. O objetivo é coletar respostas da população para a criação das diretrizes do orçamento no próximo ano. São 13 questões, com temas como policiamento, assistência social, cultura, saúde e educação. Para preencher o formulário, o interessado deve registrar o nome e o bairro em que vive.

Os itens apresentados vão ser avaliados pelas áreas de Planejamento e Fazenda da Prefeitura. O fato de haver sugestão não significa que haja dinheiro para atender da proposta.

Além do formulário, a Prefeitura de Maringá já programou as cinco Assembleias de Planejamento e Gestão Territorial, as APGTs, que ocorrem entre os dias 17 e 25 de junho, em cinco locais diferentes da cidade.