Grupos artísticos buscam doações para se manter em Maringá
Imagem ilustrativa/Foto: Reprodução/Facebook

Apoio

Grupos artísticos buscam doações para se manter em Maringá

Cultura por Victor Simião em 17/08/2020 - 18:35

A Companhia Pedras e o Centro Cultural Sucena abriram financiamento coletivo online. O dinheiro é para o pagamento de contas neste momento de pandemia da Covid-19.

Dois dos mais tradicionais grupos de Maringá na área artística abriram financiamento coletivo. A Companhia Pedras Teatro e Circo e a Associação de Capoeira Centro Cultural Sucena estão em busca de doações para manter as atividades. Embora estejam funcionando, as duas iniciativas tiveram as ações diminuídas devido à pandemia da Covid-19. Com isso, a situação financeira se complicou. 

Com 26 anos completados recentemente oferecendo diversas formas de arte e resistência cultural, a Cia Pedras buscou se inovar. Começou a dar aulas online, a vender livros e artesanatos. O grupo pretende arrecadar R$ 4 mil para o pagamento de despesas básicas e melhorar a produção audiovisual, diz a diretora da companhia, Iara Ribeiro.

Funcionando há cerca de 30 anos em Maringá, a associação Sucena trabalha para preservar a memória da cultura afro, focando principalmente na capoeira. O grupo recebe dinheiro com aulas e oficinas, além de outras ações. Houve redução dos trabalhos devido à pandemia, mas as contas permaneceram. O grupo quer arrecadar R$ 12 mil, explica a contramestra Lissandra Silva.

Os interessados em ajudar devem acessar os seguintes links: apoia.se/ciapedras e benfeitoria.com/sucena. 

Quer enviar uma sugestão, comentário ou foto para a CBN Maringá? Encaminhe pelo WhatsApp para (44) 99877 9550