IAT suspende licença ambiental de ecoponto em Paranavaí
Foto: Prefeitura de Paranavaí

Meio Ambiente

IAT suspende licença ambiental de ecoponto em Paranavaí

Meio Ambiente por Luciana Peña em 24/03/2022 - 15:33

A pedido do Ministério Público, o Instituto Água e Terra (IAT) suspendeu a licença ambiental de um ecoponto que havia sido concedida à Prefeitura de Paranavaí.

É que a unidade de coleta de resíduos sólidos está sendo construída numa área verde não degradada. A população não gostou, e apresentou um abaixo-assinado pedindo providências ao Ministério Público. Uma lei municipal determina que um ecoponto só pode ser instalado numa área já degradada.

O MP enviou um ofício ao IAT no dia 9 de março e o instituto respondeu que o cancelamento da licença ambiental foi publicado no Diário Oficial do Estado. A 2ª Promotoria de Justiça da Comarca também ingressou com uma ação civil pública para que a Prefeitura de Paranavaí suspenda o projeto.

A CBN tenta contato com a administração para comentar o assunto.

(atualizado às 15h52): A Prefeitura de Paranavaí informa no site oficial que as obras do ecoponto têm o objetivo de solucionar um problema que existe há 40 anos na cidade: o lixão a céu aberto, conhecido como buracão da Vila Operária.

Segundo a Prefeitura, a Justiça não concedeu liminar ao Ministério Público no pedido de suspensão das obras, dentro da ação judicial movida pela 2ª promotoria. 

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550