Liminar determina que ônibus do transporte coletivo não sejam impedidos de circular
Arquivo CBN

Paralisação

Liminar determina que ônibus do transporte coletivo não sejam impedidos de circular

Cidade por Letícia Tristão em 08/04/2021 - 18:58

O documento foi expedido nesta quinta-feira (8), pelo juiz do trabalho substituto José Antonio Fachin Alves, contra o sindicato que representa a categoria dos motoristas do transporte público.

Na liminar, o juiz explica que houve uma reunião nessa quarta-feira (7), e que o município teria se comprometido a repassar recursos à TCCC até sexta-feira (9), para que a empresa regularizasse o salário dos trabalhadores.

A liminar determina que o sindicato e líderes do movimento sejam impedidos de promover manifestações nesta quinta e sexta-feira, bem como de impedir a circulação dos ônibus. Ainda segundo o documento, a multa diária para o descumprimento é de R$ 15 mil.

No pedido à Justiça, a empresa de transporte coletivo também pede a manutenção de 70% da frota de veículos e dos motoristas em atividade sob pena de multa de R$ 200 mil reais pelo descumprimento.

Mas na sentença, o juiz deferiu parcialmente a liminar “inaudita altera pars”, “ determinando a expedição de mandado proibitório, intimando-se o sindicato réu, na pessoa de seu representante legal, bem com os demais empregados listados na inicial, para que se abstenham de impedir ou mesmo dificultar o acesso às dependências das autoras, inclusive garagens e Terminal Central, possibilitando o livre trânsito de pessoas e coisas

O administrador executivo da TCCC, Roberto Jacomelli, disse à reportagem que espera “que o Sindicato acate a decisão judicial”.

O sindicato afirmou à reportagem que “não recebeu oficialmente a liminar".

A reportagem contatou a prefeitura e aguarda retorno.

(texto atualizado às 22h35, para retificação de informação)