Na gestão pública projetos fazem falta
Imagem ilustrativa/Pixabay/domínio público

Opinião

Na gestão pública projetos fazem falta

Por Gilson Aguiar em 12/11/2019 - 09:52

Você pode considerar ridículo, mas há muitos administradores públicos que não tem planos de investimentos no poder municipal. A cidade é o coração da vida de cada um. E se não houver planejamento de ações do poder público não haverá soluções para os problemas mais simples da população. 

Quando se pensa em planejamento não é apenas aquele de execução de uma obra, mas a longo prazo. Os que conseguem projetar ações que tenham reflexos de forma organizada e sistemática para terem resultados em dez a quinze anos. Planejar soluções não está relacionado exclusivamente ao que esperamos que se resolva de forma imediata. 

Precisamos compreender uma administração pública com quatro anos de gestão como um capítulo nas ações do poder público que tem sua história. Há trajetória de nossa vida perpassa por vários administradores públicos. A construção de soluções não são ações de um único gestor. Não há milagres, há planejamento.

Infelizmente, muitos prefeitos não têm estes planejamentos como prioridade. Não pensam que as ações de interesse imediato podem repercutir de forma negativa no futuro e agravar ainda mais determinados gargalos sociais. O bom gestor dá continuidade a projetos que precisam de ações de continuidade e são soluções permanentes. 

No Brasil, o clientelismo político e a visão imediatista do poder, mas também do eleitor, legitima o fracasso de soluções permanentes e estimula o remendo que nada resolve e tudo encobre o anestesia. Somos cúmplices dessa farsa que nos atormenta. Se queremos mudar, poderíamos planejar melhor a nossa vida.

 

Player Ouça o comentário

Notícias da mesma editoria