Os limites do Estado
CBN Maringá

Opinião

Os limites do Estado

O comentário de Gilson Aguiar por Gilson Aguiar em 27/08/2021 - 08:00

A economia mundial se integra e rompe fronteiras. O capitalismo em seu desenvolvimento gerou relações permanentes e intensas no mercado internacional. Os limites dos estados nação não é mais um obstáculo para as pretensões de grandes corporações.

Hoje, os investidores internacionais conseguem mudar a realidade de nações e regiões, como também podem ocasionar a sua decadência. Os braços da economia mundial se estendem e provoca alterações que governos não conseguiriam. Os problemas crônicos de localidades marginais podem ter solução ou serem condenados ao esquecimento dependendo dos olhos dos investidores e seus investimentos.

Logo, ainda temos no Estado um agente importante da economia. Ele ainda é o maior consumidor de bens e serviços. O maior empregador direto e indireto. Contudo, cada vez mais se curva ao desenvolvimento do integração e interdependência do capital, o que o poder público não pode controlar.