Prefeitura confirma que gestão do Hospital da Criança será do município
Victor Simião/ CBN Maringá

Mas e o custeio?

Prefeitura confirma que gestão do Hospital da Criança será do município

Por Victor Simião em 14/11/2019 - 18:29

A dúvida, agora, é saber de onde sairão os recursos para pagar o custeio. Questionamento ainda não tem resposta.

Player Ouça a reportagem

O prefeito de Maringá, Ulisses Maia, disse, pela primeira vez, que o Hospital da Criança será gerido pelo município. A declaração foi dada nesta quinta-feira (14), durante a solenidade de liberação dos R$ 25 milhões do Governo do Paraná para a obra. A fala de Maia colocou um ponto final em uma dúvida que se arrastava: quem seria o responsável pelo Hospital?

O Hospital da Criança é uma obra feita em conjunto. O Governo Federal liberou R$ 90 milhões, e o Governo estadual ficou responsável por R$ 50 milhões. O restante ficou sob a responsabilidade da Organização Mundial da Família. O município cedeu o local para a construção.

O local deve oferecer serviços para 21 áreas.

Agora, a questão é outra: quem pagará o custeio do hospital - ou seja, funcionários, equipamentos e afins? A previsão é a de que sejam gerados mil empregos. O prefeito disse que possibilidades devem ser estudadas, como a parceria com entidades.

O secretário de Saúde do Paraná, Beto Preto, disse que a meta, no momento, é concluir o repasse de R$ 50 milhões. Questão de custeio é para outra hora.

O projeto do Hospital da Criança é de 2017, e a previsão era a de que fosse finalizado ainda no ano passado. Houve uma série de atrasos, e agora o local deve ficar pronto em 2020.

Notícias da mesma editoria