Projeto de Lei altera sinais sonoros em escolas de Maringá para crianças autistas
Imagem ilustrativa/Foto: Clker-Free-Vector-Images/Pixabay

Votação

Projeto de Lei altera sinais sonoros em escolas de Maringá para crianças autistas

Política por Letícia Tristão em 03/05/2022 - 14:35

Vereador propõe que o som emitido seja alterado para não causar reação nos alunos autistas. Um requerimento também pede que as bibliotecas sejam equipadas com materiais específicos para crianças diagnosticadas com TEA.

Entrou na pauta da sessão da Câmara Municipal de Maringá desta terça-feira (3) um Projeto de Lei sobre a utilização de sinais sonoros em escolas e Cmeis de Maringá.

O projeto trata da utilização de sinais sonoros adequados par alunos autistas. O objetivo é alterar o som que é emitido, tendo em vista que o barulho emitido nos sinais é ruim para crianças diagnosticadas com TEA, Transtorno do Espectro Autista.

A proposta é do vereador Paulo Biazon. Segundo ele, a ideia é trocar o sinal da escola por outro tipo de som. [Ouça o áudio acima]

O autismo também foi o tema de um requerimento proposto pela vereadora Cris Lauer. A vereadora quer saber se é possível equipar as bibliotecas municipais com materiais lúdicos direcionados para crianças com TEA.

(atualização às 14h51): O projeto foi aprovado, em primeira discussão, por 10 votos na sessão desta terça-feira (3).

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550