Reajuste nos preços dos combustíveis já é observado em postos de Maringá
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Economia

Reajuste nos preços dos combustíveis já é observado em postos de Maringá

Economia por Victor Ramalho em 10/03/2022 - 14:17

Nesta quinta-feira (10), a Petrobras anunciou um aumento de 18,8% no preço da gasolina repassada às distribuidoras. Em postos consultados pela reportagem, o combustível já é vendido a R$ 7,24 o litro.

Nesta quinta-feira (10) a Petrobras anunciou um reajuste nos preços da gasolina, diesel e do gás de cozinha. Nas distribuidoras, o aumento no preço médio da gasolina comum será de 18,8%, passando dos atuais R$ 3,25 para R$ 3,86 o litro. Para o diesel, o reajuste será ainda maior, de 24,9%, saindo de R$ 3,61 para R$ 4,51 o litro.

Conforme a Petrobras, os novos valores devem ser praticados a partir dessa sexta-feira (11). Mas aqui em Maringá, novos valores já são observados nas bombas.

De acordo com a última pesquisa da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o preço médio da gasolina comum em Maringá era de R$ 6,64, com o menor preço encontrado de R$ 6,51 e o maior de R$ 7,12 o litro. O estudo em questão foi aplicado entre os dias 27 de fevereiro e 5 de março e analisou os preços em 9 postos da cidade.

Em postos consultados pela CBN, o combustível já é comercializado a R$ 7,24 o litro em Maringá nesta quinta-feira (10). Conforme o empresário Paulo Vital, embora o anúncio oficial da Petrobras seja por um aumento a partir dessa sexta (11), outros reajustes já foram feitos pela estatal ao longo da semana, o que contribui para o aumento nos valores. [ouça no áudio acima]

Conforme o economista João Ricardo Tonin, o novo reajuste no preço dos combustíveis pode provocar uma reação em cadeia. [ouça no áudio acima]

Atualizado às 16h34:

O Paranapetro, Sindicato dos Revendedores de Combustíveis e Lojas de Conveniências do Estado do Paraná, se manifestou sobre o reajuste dos combustíveis por meio de nota enviada à imprensa. Leia na íntegra:

"Em relação ao aumento realizado pela Petrobras nas refinarias, o Paranapetro esclarece:

Este é um aumento que terá grande impacto para consumidores, o mercado e a economia em geral.

Desde o final de semana algumas distribuidoras já começaram a aumentar os preços de venda para os postos, antes de qualquer anúncio oficial de elevação na Petrobras, alegando uma maior entrada de combustíveis importados no mercado.

Conforme o Paranapetro tem alertado, esta é uma prática frequente: algumas distribuidoras costumam repassar os aumentos com grande agilidade para os postos, muitas vezes de imediato".

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550