Sem controle sobre autotestes, risco de subnotificação é maior; alertam especialistas
Foto Ilustrativa: Reprodução/redes sociais

Covid-19

Sem controle sobre autotestes, risco de subnotificação é maior; alertam especialistas

Saúde por Luciana Peña em 03/06/2022 - 16:59

A subnotificação de casos de Covid-19 em Maringá e em todo o país pode estar ocorrendo por diversos fatores. Um deles é em função do autoteste. Liberado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o autoteste é comprado em farmácias e pode ser feito em casa. Mas não há um mecanismo de registro quando o resultado é positivo.

A reportagem questionou a Secretaria de Saúde de Maringá sobre o assunto. A Secretaria informou que na bula do autoteste o usuário é orientado a procurar um atendimento médico para notificação em caso positivo. Mas há dois problemas: primeiro não há nenhuma garantia de que o usuário fará isso e segundo que para o cálculo da taxa de positividade também é muito importante o registro dos casos negativos.

A esperança é que muitos procurem o serviço de saúde porque vão precisar de atestado médico para o período de isolamento domiciliar. E a orientação é que a quarentena comece a partir do início dos sintomas.

O resultado do autoteste só poderia ser computado com mais exatidão se o Ministério da Saúde associasse a compra ao preenchimento da ficha de notificação.

Uma sugestão de um ouvinte, que é médico, seria anotar o CPF do cidadão que compra o autoteste e informar o gestor público. Sobre isso, a Secretaria de Saúde informou apenas que essa medida caberia ao estabelecimento que vendeu o autoteste.

Já em relação aos testes realizados em farmácias há um sistema de notificação. As próprias farmácias preenchem os dados no site do Estado do Paraná no chamado "Notifica Covid”. E as farmácias têm como obrigação orientar sobre os sintomas de agravamento da doença que requerem atendimento médico.

A CBN não conseguiu entrevista sobre o assunto, todos os questionamentos foram respondidos pela Secretaria de Saúde de Maringá por meio de nota.

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550