13 emendas ao Orçamento de Maringá recebem parecer contrário
Arquivo/CMM

Avaliação da Comissão

13 emendas ao Orçamento de Maringá recebem parecer contrário

Por Victor Simião em 06/12/2018 - 16:36

Quatro tiveram parecer favorável mas com ressalvas. Projeto de Lei relativo às receitas e despesas do município devem entrar em sessão na terça-feira (11). 

Player Ouça a reportagem

Das 17 emendas apresentadas pelos vereadores ao Orçamento 2019 de Maringá, 13 receberam parecer contrário da Comissão de Finanças e Orçamento, que analisou cada uma delas nesta quinta-feira (06). Quatro receberam parecer favorável mas com ressalvas. O fato de receber parecer favorável ou contrário não impede que as emendas sejam discutidas no plenário.
O projeto relativo ao orçamento de Maringá para o ano que vem deve entrar na sessão do dia 11 de dezembro, próxima terça-feira. A estimativa de receitas e gastos do município para 2019 é de 1,7 bilhão de reais.
Segundo o vereador Sidnei Telles, do PSD, presidente da comissão, algumas as emendas que receberam parecer contrário podem impedir obras e atrapalhar o andamento de secretarias.

As quatro emendas que tiveram ressalvas porque são controversas, avaliou Telles. Como exemplo, ele utilizou a apresentada pelo vereador Jean Marques, do PV, líder do Prefeito. A proposta dele quer reduzir de 15% para 10% o total de recursos do orçamento que a prefeitura pode alterar por decreto.

O projeto de lei do Orçamento deve ser aprovado em duas sessões. Se emendas forem aprovadas, uma terceira é necessária.
Nesta semana a reportagem da CBN noticiou que nos bastidores havia uma tentativa por parte da Prefeitura para não aprovar nenhuma emenda. Na avaliação de secretários e pessoas ligadas ao Prefeito, qualquer mudança pode inviabilizar planos do executivo.