Com ‘lei do ex’ e confusão: Maringá FC perde final da Série B no Willie Davids
Foto: Fernando Teramatsu

Não deu

Com ‘lei do ex’ e confusão: Maringá FC perde final da Série B no Willie Davids

Esporte por Victor Ramalho/GMC Online em 02/12/2020 - 18:25

O Maringá FC não conseguiu administrar a vantagem conquistada no jogo de ida e foi superado pelo Azuris, ficando apenas com o vice-campeonato do Paranaense Série B 2020. Jogando na tarde desta quarta-feira (2), no Estádio Regional Willie Davids, o time da casa perdeu por 3×0, com gols já no final da partida, vendo a equipe de Pato Branco levantar o troféu da segundona.

Dentro de campo, o tricolor precisava apenas de um empate para garantir a taça, mas sentiu o peso dos desfalques no elenco e na comissão técnica, devido à um pequeno surto de covid-19 na delegação. Apesar do resultado, o time maringaense já havia garantido acesso para a elite do estadual em 2021.

Apagão

Com uma série de desfalques por conta do coronavírus, o MFC foi para o jogo praticamente sem comissão técnica. Sem o treinador Jorge Castilho e demais auxiliares, o gerente de futebol Maurício Trombetta foi mais uma vez o comandante na beira do gramado.

Se no confronto do último domingo (29), o time soube se comportar e construiu um bom resultado, nesta quarta o time entrou em campo pilhado, sofrendo perigo do adversário em diversos momento da primeira etapa.

Já na reta final do segundo tempo, veio o castigo. Com dois gols ‘relâmpago’, o Maringá viu sua vantagem cair por terra. Nos acréscimos, ainda deu tempo do terceiro gol do Azuris, de pênalti, para completar o marcador.

Lei do ‘ex’

O primeiro tento da equipe de Pato Branco foi marcado por um velho conhecido maringaense. O atacante Eydison, aos 34 minutos do segundo tempo, abriu a contagem. Na comemoração, muita provocação ao ex-time.