De todas as mortes este ano no mundo, 2.3% foram por Covid-19
Imagem Ilustrativa/Foto: freepik

Pandemia

De todas as mortes este ano no mundo, 2.3% foram por Covid-19

Saúde por Luciana Peña em 01/10/2020 - 10:50

O restante teve outras causas. A comparação ajuda a refletir sobre as mortes que podem ser prevenidas. O álcool e cigarro, por exemplo, mataram mais de 5 milhões de pessoas este ano no mundo.

Esta semana, o número de mortes por Covid-19 no mundo ultrapassou a marca de um milhão. Até essa quarta-feira (30), um milhão, 13 mil e 908 pessoas tinham morrido por causa da doença.

É um número superlativo que carrega a dor e o sofrimento de muitas famílias.

Mas representa 2,3% do total de mortes este ano no mundo. 44 milhões de pessoas morreram de janeiro até setembro. 97,7 % de outras causas.

As principais foram doenças contagiosas, que mataram 9 milhões de pessoas e câncer: 6 milhões de vítimas.

A comparação ajuda a refletir sobre mortes que podem ser prevenidas. São doenças que não precisam esperar por uma vacina, mas dependem da conscientização de cada um de nós.

O cigarro, por exemplo, matou 3 milhões 745 mil pessoas este ano. O excesso de álcool levou embora um milhão e 873 mil vidas.

Até a malária matou este ano quase tanto quanto a Covid-19.

Os dados estão numa pesquisa do professor de estatística José Gonçalves Vicente, que acompanha diariamente informações divulgadas por órgãos oficiais de saúde. [ouça no áudio acima]

Mesmo sem tratamento específico e sem vacina, o número de recuperados da Covid-19 continua sendo alto. 25 milhões de pessoas já se recuperaram no mundo. [ouça no áudio acima]

O número de mortes por Covid-19 no mundo, atualizado no fechamento desta reportagem, era de um milhão, 14 mil 930.