Em busca de 2 mil vagas em creches, prefeitura de Maringá consegue apenas 105
Divulgação/PMM

Alunos

Em busca de 2 mil vagas em creches, prefeitura de Maringá consegue apenas 105

Por Victor Simião em 07/02/2019 - 18:20

Esse é o número total que as quatro instituições educacionais privadas que foram habilitadas no credenciamento ofertam. Ou seja, cerca 5% do previsto. 

Player Ouça a reportagem

Na tarde desta quinta-feira (07) ocorreu a abertura do “envelope 2”, com a documentação e qualificação técnica das quatro escolas privadas que tinham sido habilitadas no primeiro momento do credenciamento para vagas para o ensino infantil. Com tudo ok, um detalhe chamou a atenção: as quatro escolas ofertam juntas 105 vagas, 5% do previsto. Ao todo, a Prefeitura de Maringá gostaria de conseguir duas mil vagas em escolas privadas; o edital foi feito para isso.

O resultou surpreendeu inclusive a secretária de Educação do município, Valkiria Trindade. Na avaliação dela, é o resultado de um processo novo.

Como há um pedido judicial para zera as filas, um plano B deve ser criado, mas ainda não há nada pronto.

O próximo passo é a vistoria das escolas habilitadas. Se tudo estiver correto, vai ocorrer o processo contratual. Segundo a Prefeitura de Maringá, somente depois de todo esse tramite é que outras empresas interessadas vão poder se cadastrar e participar do credencimaneto.

A Prefeitura queria cadastrar as creches para receber duas mil crianças de 0 a 3 anos e 11 meses completos até 31 de março. O município havia previsto gastar de até R$ 31 milhões de reais. Cinco mil crianças aguardam uma vaga na educação municipal.
O credenciamento vai durar 12 meses após essas escolas forem cadastradas.
As aulas para essas crianças só devem começar em março.


Notícias Relacionadas

Notícias da mesma editoria