Em primeira reunião, CPI solicita documentos à Prefeitura de Maringá
O grupo formado por cinco vereadores solicitou dados das compras relativas ao momento de pandemia (Foto:Divulgação/Câmara Municipal de Maringá)

Saúde

Em primeira reunião, CPI solicita documentos à Prefeitura de Maringá

Política por Victor Simião em 02/06/2020 - 16:53

O grupo formado por cinco vereadores solicitou dados das compras relativas ao momento de pandemia. Foi na tarde desta terça-feira (02). A Comissão Parlamentar de Inquérito foi criada após o secretário de Saúde de Maringá, Jair Biatto, ter dito que o poder público paga até três vezes mais na compra de itens. O presidente da CPI é o vereador Flávio Mantovani (Rede). Ele queria já convocar o secretário, mas os outros vereadores pediram, primeiro, a documentação.

Além de Mantovani, fazem parte da CPI o vereador Sidnei Telles, na relatoria, e os membros Alex Chaves, Mário Verri e Chico Caiana. A CPI tem prazo de 90 dias para apresentar um relatório. A comissão pode ser prorrogada, depois, em mais 45 dias.

Ouça as informações:

A CBN procurou a Prefeitura de Maringá. A assessoria de imprensa informou que irá atender a todas a solicitações da CPI, “até porque a administração, como já manifestado, confia no trabalho dos vereadores na busca de confirmar não apenas a máxima transparência nos processo de compra, mas também os preços abusivos cobrados por fornecedores em tempos de pandemia”.

 

Lembre-se: ao sair de casa, use máscara. Clique aqui e saiba por que ela é importante