Indefinição sobre flexibilização de eventos é falta de respeito, diz Hossokawa
Foto: Luciana Peña/CBN Maringá

Eventos

Indefinição sobre flexibilização de eventos é falta de respeito, diz Hossokawa

Política por Luciana Peña em 10/09/2020 - 12:37

Empresários do setor de eventos foram à Câmara Municipal de Maringá nesta quinta-feira (10), pedir socorro aos vereadores. Mas o presidente da Câmara diz que lava as mãos e não vai mais participar de reuniões sobre o assunto.

Empresários do setor de eventos estão perdendo a energia para dialogar com a administração sobre a flexibilização de regras.

Um grupo de whatsapp formado por representantes dos empresários, do Executivo e do Legislativo se desfez nessa quarta-feira (9). Os representantes do setor de eventos saíram do grupo.

Nesta quinta-feira (10), alguns empresários foram à Câmara pedir socorro aos vereadores. O empresário Marcos Vinicius dos Santos diz que o setor quer a volta imediata de eventos maiores, entre 100 e 150 pessoas. [ouça no áudio acima]

Coube ao presidente da Câmara Mário Hossokawa conversar com o grupo. Mas não houve promessa de ajuda, porque o próprio Hossokawa desistiu de insistir nesse assunto.

Após inúmeras reuniões, nada ficou decidido. Hossokawa diz que faltou respeito à comissão criada para debater o assunto. [ouça no áudio acima]

Agora o presidente da Câmara disse que lava as mãos. [ouça no áudio acima]

Em nota a Prefeitura de Maringá respondeu que: “A Prefeitura de Maringá segue estudando medidas para flexibilizar o trabalho de diversos setores no município. A prefeitura mantém o diálogo com o setor de eventos, Câmara Municipal e outras entidades, realizando reuniões com a presença de representantes de diversos segmentos. No dia 17 de agosto, atendendo pedido do setor, foram liberados eventos para até 30 pessoas. A Prefeitura de Maringá continua monitorando a situação da pandemia no município, realizando estudos para garantir tanto a segurança do cidadão, quanto para atender os interesses do setor produtivo.”