“Isolamento social é para permitir a organização do sistema da saúde”
Secretário de Saúde de Maringá, Jair Biatto | Foto: CMM

Diz secretário

“Isolamento social é para permitir a organização do sistema da saúde”

Saúde por Victor Simião em 25/03/2020 - 17:25

A afirmação é do secretário de Saúde de Maringá, Jair Biatto. Pasta, agora, cadastra voluntários para a saúde. Município já confirmou 4 casos positivos de coronavírus.

Em meio a críticas de empresários, comerciantes e parte da população, a Prefeitura de Maringá segue com a medida de fechamento do comércio e toque de recolher. Sempre que possível, o prefeito Ulisses Maia (PDT), secretários e agentes da saúde, pública e privada, usam o termo isolamento social.

Na prática, significa não ter contato com pessoas para evitar a possível transmissão da Covid-19. 

Embora o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) critique o isolamento e haja a preocupação com a economia, Maringá segue nessa decisão.

Nesta quarta-feira (25), o secretário de Saúde, Jair Biatto, disse, em coletiva de imprensa, que o isolamento social permite a organização do sistema de saúde na cidade.

Desde que o comércio fechou, unidades de saúde estão sendo preparadas. O objetivo é ter tudo resolvido até o dia 31 deste mês. Preparar é saber como organizar o atendimento a quem tiver suspeita de coronavírus, diz Biatto. 

A Prefeitura de Maringá, agora, tem feito o cadastro de reserva de estudantes e profissionais da saúde para que atuem como voluntários em relação à Covid-19.  Devem ser estudantes dos dois últimos anos de medicina e do último ano de enfermagem, farmácia e fisioterapia. Mais informações sobre o processo podem ser obtidas no site do município.