'Juntos, nós iremos caminhar’, diz Dom Severino, novo arcebispo de Maringá
Dom Severino Clasen (à direita) em encontro com o Papa Francisco (à esquerda). Foto: Divulgação/Diocese de Caçador

Novo desafio

'Juntos, nós iremos caminhar’, diz Dom Severino, novo arcebispo de Maringá

Cidade por Victor Ramalho em 02/07/2020 - 17:33

O novo arcebispo de Maringá, Dom Severino Clasen, falou pela primeira vez nesta quarta-feira, 1º, após a nomeação ao cargo.

Em entrevista concedida à Arquidiocese de Maringá, o líder religioso falou sobre suas primeiras impressões da cidade e afirmou estar animado com o novo desafio.

“Tenho referências muito boas sobre a cidade. Pode-se dizer que temos pessoas muito bem envolvidas, uma Arquidiocese com um clero bastante numeroso, pessoas novas chegando para a ordenação, o que é importantíssimo. Vou, com entusiasmo, para anunciar o evangelho à esse querido povo”, afirmou.

Dom Severino agradeceu o apoio e acolhimento que já recebe do povo maringaense, antes mesmo da sua chegada. Para ele, esse contato próximo é importante na realização do trabalho.

“Já me sinto muito bem acolhido. Essa é minha característica, simplicidade, comunhão. Se conseguirmos ficar próximos do clero, o clero ficará próximo do bispo e juntos teremos um potencial enorme nas mãos, o evangelho da alegria. Faremos isso com muita força, energia e determinação”, declarou.

Em meio ao período de pandemia, o novo arcebispo da cidade ressaltou a força dos veículos de comunicação para continuar espalhando a palavra de Deus, mesmo com o distanciamento social. Sobre possíveis mudanças nas celebrações presenciais, Dom Severino afirma que não decidirá nada sozinho.

“Vi que é uma Arquidiocese muito bem resolvida na questão da comunicação, que é uma ferramenta valiosa. […] É claro que eu não vou chegar em Maringá e querer determinar como tudo será feito. Isso será resolvido com o bispo, com o clero, tudo em conjunto. Nós temos uma nova força nas mãos para evangelizar, hoje, que são os meios de comunicação. Juntos, nós iremos caminhar”, finalizou.

Nascido em 10 de junho de 1954, Dom Severino é natural de Petrolândia (SC). Em 1981, emitiu a profissão religiosa na Ordem dos Frades Menores Franciscanos e foi ordenado sacerdote no ano seguinte. 

Por indicação do Papa Francisco, ele foi transferido da a sede episcopal de Caçador (SC) para assumir a arquidiocese maringaense.