No combate a incêndios ambientais, bombeiros empregam todas as viaturas
Foto: Divulgação/Bombeiros

Tempo seco

No combate a incêndios ambientais, bombeiros empregam todas as viaturas

Meio Ambiente por Luciana Peña em 28/09/2020 - 08:30

O Corpo de Bombeiros de Maringá chegou a ficar sem viatura disponível nesse domingo (27) porque todos os carros estavam sendo empregados no combate a incêndios ambientais em Maringá e região. E em dois casos há indício de crime.

Os bombeiros de Maringá passaram quase todo o domingo no combate a incêndios ambientais.

Foram dois incêndios aqui na cidade e outros dois em municípios da região: Floresta e São Jorge do Ivaí.

O trabalho começou às 11h e terminou às 22h. Em alguns momentos do dia, todas as equipes estavam em campo atendendo os chamados.

É que para piorar, durante a tarde, um temporal atingiu Maringá. A chuva não ajudou no combate aos incêndios ambientais e provocou estragos.

O tenente Alex Boni, do 5º Grupamento do Corpo de Bombeiros, explica que o vento forte alastrou o fogo com rapidez. Em Floresta, o fogo destruiu 100 alqueires de uma área preparada para o plantio de milho. Em São Jorge do Ivaí havia indício de incêndio criminoso. [ouça no áudio acima]

Em Maringá foram dois focos de incêndios de grandes proporções. [ouça no áudio acima]

No caso da Kakogawa, o proprietário da área disse aos bombeiros que o incêndio foi criminoso. Ele teria visto um motociclista rondando a propriedade e ateando fogo.