No segundo pior temporal da história, Copel contabiliza 508 postes quebrados
São João do Caiua. Foto: Copel

Paraná

No segundo pior temporal da história, Copel contabiliza 508 postes quebrados

Paraná por Luciana Peña em 16/10/2021 - 14:25

As equipes da Copel ainda estão trabalhando nos reparos após o temporal da última quinta-feira (14). Segundo a companhia, foi o segundo pior evento climático já enfrentado pela empresa. 

Os estragos foram registrados nas regiões oeste e noroeste do estado. A chuva dessa sexta-feira (15), além de dificultar o trabalho das equipes, causou novos danos.

Foram contabilizados até o momento 508 postes quebrados. Jesuítas, cidade da região oeste, foi uma das mais afetadas com 40 postes danificados que estão sendo substituídos com o apoio de uma força-tarefa.

Na região noroeste, 22 mil unidades consumidoras estão sem energia, boa parte por causa da chuva do final da tarde dessa sexta-feira (15). 

O município de Querência do Norte teve 54 postes quebrados, nas áreas urbana e rural, e é a cidade do noroeste que requer mais equipes de trabalho. Em alguns locais o acesso está muito difícil.

A Copel orienta que, em dias de tempestades, deve-se manter distância de situações que possam oferecer riscos, como postes quebrados e fios rompidos. A falta de luz pode ser comunicada pelo site e aplicativo, pelo telefone 0800 51 00 116 e pelo WhatsApp 41 3013-8973. Há ainda a opção de enviar uma mensagem de texto (SMS) para o número 28593, com as letras “SL” e o número da unidade consumidora.

Com assessoria

Atualizado às 19h40- E segundo nota enviada pela Copel:

"Na região Noroeste, cerca de 16 mil domicílios encontram-se desligados. Os municípios com maior concentração de imóveis sem luz são Terra Rica (1,4 mil) e Querência do Norte (1 mil).  O município de Terra Rica teve a fonte alternativa de alimentação energizada no início da tarde, e as equipes trabalham agora na conclusão da manutenção que retirou árvores das redes elétricas nas áreas urbana e rural. Em Querência do Norte, as equipes seguem trabalhando na troca de postes e retirada de vegetação da rede. Na região Noroeste, a soma de postes quebrados já chega a 355. Já foram atendidas na região 4,4 mil ocorrências, e há 1,3 mil ainda para atendimento."

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550