Pequenos municípios enfrentam dificuldades com servidores da saúde afastados por Covid
Imagem Ilustrativa | Foto: Arquivo/Agência Brasil

Surto

Pequenos municípios enfrentam dificuldades com servidores da saúde afastados por Covid

Saúde por Letícia Tristão em 27/01/2022 - 15:37

É que o aumento de casos de coronavírus está também entre os profissionais da área. Com servidores afastados, diminui o efetivo para atendimento à população. 

É um cenário geral. O número de resultados positivos de coronavírus tem aumentado em todas as regiões.
E os casos de servidores e profissionais da saúde infectados têm preocupado principalmente os municípios menores. Com os profissionais afastados, não há efetivo suficiente para atender a demanda.

É o caso de Quinta do Sol, na região noroeste. Dez servidores e o médico estão com a doença e a unidade de saúde da cidade lotada.

O prefeito, Leonardo Romero, foi até a UBS e pediu a compreensão dos moradores, disse que não está fácil encontrar um médico. Ele publicou um vídeo, mencionando situação de quase ‘calamidade’. [ouça o áudio acima]

Em Sarandi, a situação também é complicada. Segundo o GMC Online, a estimativa da secretaria de Saúde do município é que 50 servidores estão infectados e afastados das funções, 15 deles somente na UPA.

Nesta quarta-feira (27), a Prefeitura de Sarandi suspendeu as consultas de rotina nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) por falta de profissionais. A recomendação é que a população procure a UPA em caso de extrema necessidade.

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550