PF de Campinas cumpre mandados em Maringá contra quadrilha suspeita de contrabandear cigarros
Imagem ilustrativa/Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Operação Smog

PF de Campinas cumpre mandados em Maringá contra quadrilha suspeita de contrabandear cigarros

Segurança por Monique Manganaro/GMC Online em 28/06/2022 - 11:20

A Polícia Federal (PF) de Campinas (SP) deflagrou na manhã desta terça-feira (28), uma operação para cumprir mandados contra integrantes de uma quadrilha suspeita de envolvimento com o contrabando de cigarros. A Operação Smog cumpre cinco mandados de busca e apreensão em Maringá. 

A investigação contra o grupo começou depois que seis pessoas foram presas em flagrante em Hortolândia (SP), em maio deste ano, transportando grande quantidade de cigarros contrabandeados do Paraguai. 

O levantamento de informações sobre veículos e outros suspeitos que estariam envolvidos com o grupo levou os policiais à identificação de novas pessoas, inclusive jurídicas, de acordo com a PF. Os nomes levantados, suspeitos de participação na distribuição de cigarros estrangeiros ilegais no interior de São Paulo, tinham endereços em Maringá.

As investigações continuaram e, nesta terça-feira, policiais federais estão nas ruas para cumprir cinco mandados de busca e apreensão em Maringá, todos expedidos pela 9ª Vara Federal de Campinas. Além dos mandados, a Justiça pediu bloqueio judicial de 13 veículos que seriam utilizados nas ações da quadrilha. 

Conforme a Polícia Federal, os envolvidos podem responder contrabando e associação criminosa, cujas penas podem chegar a oito anos de prisão.

O nome da operação é uma junção das palavras “fumaça” e “nevoeiro”, em inglês (smoke + fog), fazendo alusão ao principal produto contrabandeado e à tentativa dos suspeitos de ocultar as participações após o flagrante, segundo a PF. 

Acesse GMC Online

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550