Prefeitura estuda se vai licitar ou renovar concessão com funerárias
Divulgação/CMM

Vistorias

Prefeitura estuda se vai licitar ou renovar concessão com funerárias

Por Carina Bernardino em 09/10/2019 - 18:15

Os contratos com as cinco empresas que atuam na cidade vencem em 2020. Nesta quarta-feira (9), os estabelecimentos foram vistoriados

Player Ouça a reportagem

A prefeitura de Maringá, com apoio da Câmara Municipal, reativou a Comissão Municipal do Serviço Funerário, responsável por analisar os contratos com as cinco funerárias que atuam na cidade há quase dez anos. O grupo é formado pelos vereadores Alex Chaves, Mário Verri e Sidnei Telles e pelos servidores municipais Felipe Santos Martins, Valdenir José Milles e Carlos Parolin. Os funcionários trabalham na Procuradoria Geral, Secretaria de Serviços Públicos e no Cemitério Municipal. Embora a comissão tenha sido reativada em setembro, o primeiro dia de trabalho conjunto aconteceu nesta quarta-feira (9). A comissão vistoriou a sede do Sistema Prever, as dependências do Cemitério Parque, o crematório Ângelus e a unidade do Sistema Prever no Jardim Alvorada. Foram recolhidas licenças e certificados oficiais. De acordo com o vereador Alex Chaves, é importante saber se as regras da concessão estão sendo cumpridas.  

A comissão fornecerá dados ao Executivo para a renovação ou não da concessão na prestação de serviços funerários no município. O Procurador-Geral Felipe Martins explica quais são as etapas de trabalho da Comissão Municipal do Serviço Funerário. 
Além da concessão, outro caminho que o município pode adotar para a prestação do serviço é por licitação. Nessa sexta-feira (11), o grupo irá vistoriar os carros utilizados no transporte de corpos. Com isto, a Comissão do Serviço Funerário vai concluir a minuta do relatório, que será apresentada e discutida no dia 16, na sala de Comissões da Câmara Municipal.

Notícias da mesma editoria