Regiões de Maringá com menos imóveis verticais são mais vulneráveis
Bia Fortunato/CBN Maringá

Dengue

Regiões de Maringá com menos imóveis verticais são mais vulneráveis

Por Luciana Peña em 11/01/2019 - 15:46

É o que aponta análise da Secretaria de Saúde após levantamento dos últimos dez anos. Por isso, em 2019, uma das estratégias de combate à dengue será aumentar as visitas aos imóveis da periferia da cidade onde há mais casas. É o que diz o secretário de Saúde Jair Biatto.  Outras duas estratégias também são novas: a inclusão dos agentes do Programa Saúde da Família no combate à doença e a divisão da cidade em 34 regiões, de acordo com as unidades de saúde, na divulgação dos focos do mosquito.

Player Ouça a entrevista

Notícias da mesma editoria