Flavio Rocha estará hoje em Maringá
Acompanhe O Assunto é Política com Diniz Neto, de segunda a sexta, às 09h40 e às 14h20

O Assunto é Política

Flavio Rocha estará hoje em Maringá

Por Diniz Neto em 15/05/2018 - 09:56
Player Ouça o boletim

Quer fazer contato com o jornalista Diniz Neto, encaminhar uma sugestão? Envie e-mail para oassuntoepolitica@cbnmaringa.com.br ou mande uma mensagem para o WhatsApp da CBN Maringá. O número é (44) 99877 9550

TEMPO Faltam 145 dias para as eleições e 84 dias para 5 de agosto, fim das convenções.
O último dia para o registro de candidaturas é 15 de agosto.

PRÉ-CANDIDATO A PRESIDENTE EM MARINGÁ
Flávio Rocha, pré-candidato a presidente pelo PRB, estará hoje em Maringá.
Às 19 horas, na Casa da Indústria, na FIEP Maringá, avenida Rebouças, 140, zona 10.
Flávio é CEO das lojas Riachuelo, um dos mentores do Movimento Brasil 200, "Independência para Todos".

DIVERGÊNCIAS E AGRESSÕES
Política é opinião e paixão. Por isto mesmo é necessário muito respeito às posições contrárias.
Quando isto não acontece, há conflitos. Ontem, atrás do palco das autoridades, o vereador Mario Verri passou por um grupo de
membros do movimento “patriotas”. Depois de brincadeiras, pelo que se relata de parte a parte, aconteceram agressões verbais e finalmente físicas, entre o vereador e o soldado Pessutti.Os dois prometeram fazer ocorrência na delegacia. O caso de ter reflexos na Câmara e no 4º Batalhão de Polícia Militar.

PROJETO QUE CRIA SECRETARIA MUNICIPAL DE SEGURANÇA PÚBLICA
Está na pauta da sessão de hoje o Projeto de Lei Complementar Nº 1741/2018, do Poder Executivo, que cria a Secretaria Municipal de Segurança Pública.

CÂMERAS NAS ESCOLAS E CMEIs DO MUNICÍPIO
Projeto de lei 14226/2017, prevê a instalação de câmeras de vídeo, com dispositivo para
gravação de imagens e áudios, nos estabelecimentos pertencentes à rede pública municipal de
educação e ensino do Município de Maringá. Este projeto tem algumas particularidades: a primeira, algo de fato incomum, ele tem como
autores os 15 vereadores da Câmara Municipal de Maringá. Outra coisa que chama atenção – estou tentando entender este ponto – ele é um projeto autorizativo, na prática. Ele não obriga o Poder Executivo a instalar as câmeras, ele na prática
autoriza.

DENÚNCIAS NO PARANÁ
O fim de semana foi marcado por notícias sobre delações premiadas que citam o ex- governador Beto Richa.
A delação de do dono da Construtora Valor, Eduardo Lopes de Souza, é antiga, mas ganhou espaço em meios de comunicação. O ex-diretor da Secretaria de Educação do Paraná, Maurício Fanini, que está preso, tenta também um acordo de delação premiada. Estas são as denúncias da operação denominada Quadro Negro, que envolve valores de R$ 20 milhões que seriam para construções de escolas, que não ocorreram.

Há uma outra investigação em andamento, que envolve Nelson Leal Junior, ex-diretor do DER. O ex-diretor do DER foi preso no fim de fevereiro passado pela Operação Integração, 48.ª fase da Lava Jato, suspeito de auferir vantagens da concessionária Econorte após facilitar aumentos abusivos na tarifa de pedágio na Rodovia BR-369. O presidente da concessionária, Hélio Ogama, foi preso também na mesma ocasião. Nelson Leal contratou novos advogados, especializados em delações. O ambiente da pré-campanha convive com as notícias relacionadas a estas investigações e delações premiadas. Muito importante ressaltar que as delações precisam ser comprovadas. Não é só contar uma história. Há a necessidade de haver provas sobre o que falado. Com prova ou sem prova os casos são rumorosos e tem reflexos no quadro político pré-eleitoral.

Noticias Relacionadas