Acusado de espancar namorada é perseguido pela polícia em Guaíra, bate carro em muro, mas escapa
Foto: PC Guaíra

Caso Michelle

Acusado de espancar namorada é perseguido pela polícia em Guaíra, bate carro em muro, mas escapa

Segurança por Luciana Peña em 02/10/2020 - 09:10

Policiais civis de Guaíra localizaram na tarde dessa quinta-feira (1º) o homem acusado de espancar a namorada em setembro de 2019 em Paiçandu.

Desde então, Whebher Simão está foragido da Justiça. A vítima, Michelle de Souza Brito, ficou com graves sequelas da agressão e hoje vive em estado vegetativo.

Quando foi abordado pelos policiais em Guaíra, Whebher não obedeceu a ordem de parada e jogou o carro contra a viatura. Os policiais atiraram nos pneus do Audi A3 que Whebher dirigia. Começou uma perseguição pelas ruas do centro da cidade até que o Audi bateu contra o muro de uma escola. Whebher conseguiu fugir por dentro da escola. Foi acionado reforço e os policiais fizeram buscas pela região, mas não conseguiram localizar o fugitivo.

Mas a polícia descobriu a casa dele e no local foram encontrados 210 gramas de maconha e uma pistola 9mm com carregadores e munição.

Fotos: PC Guaíra

O mandado de prisão de Whebher tem validade de 30 anos, segundo o delegado de Paiçandu, Mateus Ganzer. O delegado lembra que o inquérito que apurou  a agressão a MIchelle foi concluído em tempo recorde, mas mesmo assim, o agressor conseguiu fugir. Ouça:


Atualizado às 10h20.