Acusado de matar ex-sócio a tiros em rua de Maringá vai a júri popular
Foto: Reprodução Câmera de Segurança

Homicídio

Acusado de matar ex-sócio a tiros em rua de Maringá vai a júri popular

Segurança por Fabio Guillen/GMC Online em 06/10/2021 - 15:19

O empresário acusado de matar o ex-sócio a tiros no Jardim Oásis, em julho de 2019, é julgado nesta quarta-feira (6), em Maringá. O julgamento começou por volta das 8h30, segundo informações do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR). André Rodrigo Tiago, de 40 anos, foi assassinado dentro do carro, na rua, em frente à casa onde morava. Um homem se aproximou e disparou várias vezes contra a vítima. Uma câmera de segurança flagrou o crime na época. 

Segundo o Ministério Público (MP), o réu é Hemerson Alaor Simoni Queiroz, de 34 anos, ex-sócio de André Rodrigo. O réu se apresentou para a Polícia Civil dois dias após o crime e contou onde escondeu a arma. Ele está preso desde então. A perícia realizada pelas equipes de investigação do Instituto de Criminalística apontou que as cápsulas recolhidas no local do crime saíram da arma de Hemerson. Os dois eram sócios de uma empresa que prestava serviços para supermercados da cidade, mas acabaram terminando a sociedade e viraram concorrentes. 

Na época, dias antes do crime, os dois entraram em luta corporal na rua e o vídeo viralizou nas redes sociais. O réu Emerson Alaor Simone é julgado por homicídio qualificado no Fórum de Maringá. O julgamento não tem horário previsto para terminar.

Veja o vídeo que mostra o crime divulgado pela Polícia Civil na época: