Advogado maringaense morre por complicações da Covid-19 aos 47 anos
Foto: Reprodução/Facebook

Luto

Advogado maringaense morre por complicações da Covid-19 aos 47 anos

Cidade por Monique Manganaro/GMC Online em 05/03/2021 - 11:16

Morreu na madrugada desta sexta-feira (5), em Maringá, o advogado e professor de Direito Carlos Alexandre Preto Moraes, aos 47 anos. Conforme apurou o GMC Online, o maringaense estava internado internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por causa de complicações causadas pela Covid-19. 

Moraes foi um advogado reconhecido na cidade e, durante a carreira, também se dedicou às salas de aula. Atualmente, lecionava nos cursos de mestrado e doutorado em Direito do Centro Universitário de Maringá (UniCesumar) e chegou a ocupar o cargo de coordenador da graduação em Direito da universidade. 

O advogado também era sobrinho do reitor da instituição, Wilson de Matos Silva. Em nota, a UniCesumar lamentou a morte de Moraes. “É com profunda tristeza que comunicamos o falecimento do professor Carlos Alexandre Moraes, que desempenhou um brilhante trabalho na UniCesumar. À professora Lilian Moraes, sua esposa e coordenadora do curso de Estética (EAD), ao reitor Wilson de Matos Silva, tio de Carlos, e demais familiares nosso profundo pesar pela passagem”, escreveu a universidade.

Nas redes sociais, a morte do advogado também causou comoção. Além de amigos e familiares, ex-alunos se despediram do maringaense e prestaram condolências à família. 

“Sua dedicação em aprender e se desenvolver por meio do aprendizado é um legado deixado a todos nós. Agradecemos suas contribuições à instituição, enquanto professor, coordenador, aluno e ser humano incrível que foi”, acrescentou a UniCesumar.

Acesse GMC Online

 

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550