Afirmação do prefeito sobre reajuste de salário dos servidores gera polêmica
Foto: Luciana Peña

Legislativo

Afirmação do prefeito sobre reajuste de salário dos servidores gera polêmica

Política por Luciana Peña em 26/03/2020 - 14:19

Prefeito disse que ele, vice-prefeito e secretários municipais irão abrir mão do reajuste salarial de 4,3%. Mas juridicamente isso não é possível, porque reajuste do primeiro escalão está na mesma lei que vale para todos os 13 mil servidores e para os vereadores.


 

Os vereadores interromperam a sessão da Câmara para uma reunião rápida no plenário.

Eles discutiram o que fazer após a declaração do prefeito Ulisses Maia de que vai abrir mão do reajuste salarial de 4,3% que foi votado e aprovado esta semana. 

Nas redes sociais pegou muito mal o reajuste nos subsídios de vereadores, neste período de crise do coronavírus. 

Mas está na lei. E é uma lei só que vale para todos os 13 mil servidores, e inclui secretários, cargos de confiança, prefeito, vice e vereadores.

Dizem os vereadores que o prefeito ia mandar uma mensagem de lei para retirar o reajuste dele, do vice e  dos secretários.

Mas o departamento jurídico já disse que não pode, explica o presidente da Câmara Mário Hossokawa.[ouça no áudio acima]

O líder do prefeito vereador Alex Chaves diz que a saída será doar o valor equivalente ao reajuste. É o que ele irá fazer. [ouça no áudio acima]

O vereador Sidnei Telles sugeriu até criar um fundo para receber estas doações. [ouça no áudio acima]