Câmara de Maringá vota projeto que revoga gratificação de servidores da saúde
Imagem ilustrativa/Foto: Prefeitura de Maringá/arquivo

Pandemia

Câmara de Maringá vota projeto que revoga gratificação de servidores da saúde

Política por Letícia Tristão em 03/05/2022 - 14:48

Servidores que atuaram na linha de frente contra a Covid-19 recebem gratificação mensal de 20%. O Executivo avalia que o período mais delicado da pandemia já passou.

Maringá concedeu gratificação de 20% aos servidores da Saúde que atuaram na linha de frente no combate ao coronavírus.

O projeto foi proposto em 2020 e servidores começaram a receber a gratificação em 2021.

Nesta terça-feira (3), entrou na pauta da sessão da Câmara para votação o projeto que revoga essa lei, o que cessa pagamento da gratificação.

Segundo o vereador Alex Chaves, líder do prefeito na Câmara, o auge da pandemia passou e o município precisa voltar a normalidade. [Ouça o áudio acima]

A vereadora Cris Lauer é contra a revogação da Lei neste momento. [Ouça o áudio acima]

(atualização às 14h55): O projeto foi retirado de pauta por três sessões.

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550