Com dois jogos até o fim do ano, Maringá quer brigar pela quinta colocação
Maringá Vôlei contra o Ribeirão Preto. Foto: Reprodução/Facebook

Vôlei

Com dois jogos até o fim do ano, Maringá quer brigar pela quinta colocação

Esporte por Victor Simião em 16/12/2019 - 15:27

Time maringaense foi derrotado no tie-break pelo Ribeirão Preto. Agora, pretende finalizar 2019 com vitórias. “Seria um ótimo presente de natal”, diz o treinador. Quarta-feira (18) tem jogo. 

Os detalhes fizeram a diferença no jogo passado. O Denk Maringá Vôlei perdeu no tie-break para o Ribeirão Preto, na casa do adversário, no sábado. 3 sets a 2. Daí, ficou o gosto amargo, disse o treinador maringaense Alessandro Fadul. 

O Maringá tem oito jogos na Superliga Masculina de Vôlei. São seis derrotas e duas vitórias - somando, ao todo, oito pontos. A equipe está na oitava colocação no torneio. Até o fim do ano, tem mais dois compromissos competição. Na quarta-feira (18), pela nona rodada do primeiro turno, recebe o América no ginásio Chico Neto. No sábado, enfrenta o Ipatinga, na casa do adversário. 

Ambos os confrontos são diretos. Os times estão orbitando as posições abaixo da quinta colocação. Aliás, a distância entre o oitavo e o quinto colocado é de cinco pontos. Em outras palavras, duas vitórias separam o Maringá da almejada quinta colocação.

Fadul sabe disso, e brinca: vencer os dois próximos compromissos seria o melhor presente de natal. 

Claro, não é só vencer os dois jogos e chegar à quinta colocação. Tudo depende das equipes que estão à frente. Mas sonhar é necessário, ainda mais no período natalino.