Comunicação, a secretaria da vez
Acompanhe O Assunto é política com Diniz Neto, de segunda a sexta, às 09h40 e às 14h20

O Assunto é Política

Comunicação, a secretaria da vez

Por Diniz Neto em 17/07/2019 - 10:00
Player Ouça o boletim

17 de julho, quarta-feira. Dia de Proteção às Florestas. 


O desmatamento é a segunda causa do aquecimento global, logo depois da queima de combustíveis fósseis. 

Assuntos na coluna de hoje: 
- Mudanças na Prefeitura
- Dívidas das administrações anteriores
- Empréstimos
- Reforma da Previdência – Estados e Municípios
- Rios da Bacia do Piraponema  
- Evento de Direito Internacional, na OAB, 23 de julho

 

MUDANÇAS NA ESTRUTURA ADMINISTRATIVA DE PREFEITURA DE MARINGÁ
Já falamos aqui, há alguns dias, de que a administração de Maringá prepara algumas alterações na estrutura administrativa.

Podem ser criadas secretarias e uma ou outras podem ser incorporada ou incorporadas. Não tenho muitos detalhes.

Uma secretaria que deve ser criada é de Comunicação Social.

As mudanças estão em estudo há algum tempo.

DÍVIDAS DAS ADMINISTRAÇÕES ANTERIORES
Ouvinte escreveu para a CBN, não me passaram seu nome ou contato, com o seguinte pedido e observação: “Diniz Neto poderia comentar quanto as outras administrações financiaram. Ele só comenta da atual. Poderia fazer uma comparação.”

A gestão do prefeito Roberto Pupin, que foi uma continuidade das duas gestões do prefeito Silvio Barros, se encerrou no dia 31 de dezembro de 2016.

Está no balanço referente ao exercício de 2016: valor de R$ 108.037.476,38.

Vou estudar mais profundamente esse assunto, pois a sugestão do ouvinte é muito boa. Gosto de comparar os períodos da história da cidade e tenho feito isso desde o primeiro ‘O Assunto é Política’.

Esta iniciativa ficou marcada, inclusive, por uma frase nossa: “A história de Maringá não começou no dia 1º de janeiro de 2017”.

EMPRÉSTIMOS
Pelo menos nas administrações mais recentes, não foi realizado nenhum empréstimo para desapropriação de prédio, melhorias em praças, construção de centros comunitários, reformas em geral, construção de escolas, creches e unidades básicas de saúde.

Sobre unidades básicas de saúde, pessoas ligadas a gestão pública me falaram que não se lembram de que algum município tenha feito empréstimo para construir um posto de saúde, já que esses recursos podem ser obtidos junto ao governo federal, desde que exista planejamento.

Sobre o Cine Teatro Plaza, até poderia haver um processo de desapropriação, mas deveria, da mesma forma, ser antecedido de estudos e planejamento, sem necessidade de urgência e da contratação de empréstimo.

O entendimento de todas as pessoas com quem conversei, incluindo o manifestado pelo Observatório Social de Maringá, é de que nenhum dos investimentos anunciados como motivo dos empréstimos é de emergência. Em todos os casos, com planejamento, as obras podem ser realizadas sem a necessidade do acréscimo de juros.

A REFORMA DA PREVIDÊNCIA DOS ESTADOS E MUNICÍPIOS
O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), disse ontem, terça-feira, 16 de julho, que a Casa aprovará regras para aposentadoria de servidores de estados e municípios, que ficaram de fora da proposta de emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência.

A jornalistas o senador explicou que a inclusão se dará com a tramitação de uma nova PEC, que tratará exclusivamente de servidores municipais e estaduais.

OS RIOS DA BACIA DO PIRAPONEMA 
Hoje, 17 de julho
, acontecerão duas reuniões muito importantes relacionadas à Bacia do Piraponema. Será no Auditório do Bloco C 67 (engenharia Civil), na UEM.

Das 8h30 às 12h00, 1ª Reunião Ordinária de 2019 da Câmara Técnica de Acompanhamento do Plano de Bacia – CTPLAN.

Das 13h30 às 17h00, 1ª Reunião Ordinária de 2019 do Comitê das bacias dos rios Pirapó, Paranapanema 3 e 4 – CBH Piraponema.

NOVAS AÇÕES E PERSPECTIVAS DO AGRONEGÓCIO NO CENÁRIO INTERNACIONAL
No dia 23 de julho, próxima terça-feira, a Comissão de Direito Internacional OAB Maringá realizará o encontro “Novas Ações e Perspectivas do Agronegócio no Cenário Internacional”. Será a partir das 19 horas, no Auditório da OAB Maringá.

Recebi do advogado Alexandre Raposo, presidente da Comissão de Direito Internacional da OAB Maringá, a programação:

Palestrante: Deputado federal Luiz Nishimori. Tema: Novo Governo e Prioridades Diplomáticas e Comerciais Internacionais ao Agronegócio.

Palestrante: Drª Letícia de Souza Baddauy. Tema: Mediação e Arbitragem no Agronegócio Internacional.

Palestrante: Gerente Comercial da COCAMAR, Anderson Alves Bertolleti. Tema: Impasse USA X China e o impacto nos custos do agronegócio brasileiro.

O objetivo é mostrar e debater as mudanças que ocorrem no cenário do agronegócio globalizado, buscando maiores e melhores soluções na área.

As inscrições podem ser feitas no site da OAB Maringá: http://www.oabmaringa.com.br/esa/?cod=evento/160

Notícias da mesma editoria