Confiança dos empresários paranaenses cai pelo segundo mês seguido
Foto: Divulgação/Agência Fiep

Indústria

Confiança dos empresários paranaenses cai pelo segundo mês seguido

Economia por Letícia Tristão em 02/03/2021 - 17:18

Cenário crítico atual da pandemia e os altos índices desemprego justificam a queda na confiança dos empresários da indústria do Paraná. A pesquisa é feita pela Fiep.

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) do Paraná caiu pelo segundo mês seguido, chegando a 62,9 pontos. O número ainda está acima da área considerada de otimismo, que é de 50 pontos, mas os dados desse mês, revelam uma trajetória de queda no otimismo do setor. O resultado é o mais baixo desde agosto do ano passado. A pesquisa é feita pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em parceria com a Federação das Indústrias do Paraná (Fiep).

Segundo a pesquisa, 21% dos empresários entrevistados afirmaram que as condições gerais das empresas nos últimos seis meses pioraram; 45% responderam que ficaram estáveis e 28% disseram que houve melhora. Em janeiro, apenas 9% haviam confirmado que a situação era ruim.

A análise do economista da Fiep, Evânio Felippe, é que o ritmo lento de imunização das pessoas e as dificuldades de reformas administrativas no país diminuíram o fôlego do setor industrial. [ouça no áudio]

Segundo ele, o ritmo de confiança do empresário tende a cair ainda mais. Isso porque o cenário de pandemia não aponta para melhora breve. [ouça no áudio]

Os resultados do mercado de trabalho também não injetam confiança no empresário paranaense. O analista explica que os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD), com a situação do país até novembro de 2020, mostram mais de 14 milhões de pessoas sem renda, o que prejudica a atividade de consumo e, consequentemente, afeta também o ritmo de produção nas indústrias. [ouça no áudio]