Corpos das vítimas de acidente com caminhão desgovernado são velados em Maringá
A empresária Cidinha Mançano e o gerente de empresa Elcio Martins morreram num acidente na sexta-feira (18) – Foto: Reprodução Facebook

Tragédia

Corpos das vítimas de acidente com caminhão desgovernado são velados em Maringá

Cidade por Fabio Guillen/GMC Online em 19/09/2021 - 08:25

Os corpos da empresária Aparecida Mansano Calvalca, 56 anos, e do gerente da empresa dela, Élcio Narciso Martins, 42 anos, de Maringá, são velados na Capela do Cemitério Parque de Maringá na manhã deste domingo, 19. A filha da empresária também estava no carro e se feriu, mas foi socorrida e está bem, segundo as equipes de resgate. 

Os três foram vítimas de um grave acidente na PR-986, em Rolândia, na região metropolitana de Londrina, na noite de sexta-feira, 18. Segundo informações da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), um caminhão carregado com milho desceu desgovernado, invadiu a pista contrária e atingiu quatro veículos. 

Após a colisão, o caminhão caiu em uma ribanceira e o motorista morreu na hora. O motorista do caminhão teria sido flagrado por outros motoristas segundos antes do acidente fazendo zigue-zague na pista. Os motoristas tentaram avisar a PRE, mas não teria dado tempo. Ao todo, foram três mortos e quatro feridos. 

O corpo de Aparecida Mansano Calvalca é velado na sala 1, da Capela do Prever do Cemitério Parque. Não há horário previsto para enterro, segundo informações do Prever. O corpo da empresária será sepultado no Cemitério Parque. 

Já o corpo do gerente Élcio Narciso Martins é velado na sala 2, também da Capela do Prever do Cemitério Parque. O corpo dele será sepultado às 10h no Cemitério Municipal de Maringá, segundo informações do Prever. Amigos e familiares estão se revezando para acessar as duas capelas e se despedir das vítimas sob muita comoção. Aparecida, mais conhecida como Cidinha, era diretora da Ingraph Digital de Maringá. Élcio era gerente da empresa dela. 

Nas redes sociais amigos e familiares fazem muitas homenagens para Élcio e Cidinha como forma de despedida e gratidão. “E hoje o dia amanheceu bem triste, muito triste, tão difícil de acreditar e aceitar, que uma pessoa tão maravilhosa, se foi assim”, disse uma amiga de uma das vítimas na rede social.

Acesse GMC Online


Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550