Cultura define finalidades do Complexo Plaza
Arquivo PMM

Após desapropriação

Cultura define finalidades do Complexo Plaza

Cultura por Carina Bernardino em 05/02/2019 - 19:35

Um pavimento vai virar escola de cinema e outros três, museu de arte contemporânea. O processo de desapropriação do prédio está na fase final, aguardando perícia judicial

O processo de desapropriação do prédio do Cine Teatro Plaza de Maringá deve ser concluído este mês, segundo a prefeitura. A secretaria responsável pela ação judicial é a de Gestão, que aguarda para os próximos dias a realização da perícia judicial. É que quase 70% do prédio pertence à iniciativa privada. Somente o térreo é do município.

O Executivo se propõe a pagar 6 milhões de reais pelo imóvel, mas os proprietários querem 12 milhões. Por isso, o caso está na Justiça. Segundo o secretário de Gestão, Rogério Calazans, a perícia vai apontar o valor comercial do prédio.

Enquanto o processo está andamento, a secretaria de Cultura desenvolve projetos para o prédio, denominado Complexo Plaza. No final do ano passado, por exemplo, a pasta decidiu junto com a secretaria de Obras Públicas, como será a utilização dos cinco pavimentos, além do térreo onde funciona o Cine Teatro.

A ideia, segundo o secretário da pasta, Miguel Fernando, é licitar as obras entre os meses de setembro e outubro. Ele disse que para este mês, serão licitados os projetos complementares e executivos.

O Cine Teatro Plaza também faz parte do Eixo Monumental de Maringá. O prédio funciona desde 1960, mas a inauguração oficial ocorreu em 1972. Já a interdição do imóvel aconteceu em 2006, por questões de segurança. Em 2017, a parte do prédio que pertence ao município foi declarada de utilidade pública, uma medida que ajuda no processo de desapropriação do imóvel.