Decreto homologa participantes da revisão do Plano Diretor de Maringá
Imagem Ilustrativa/Foto de Cleber França

Entidades

Decreto homologa participantes da revisão do Plano Diretor de Maringá

Por Victor Simião em 18/07/2019 - 18:31

Ao todo, 50 grupos, de diversos segmentos, estão aptos. Próxima audiência ocorre no dia 19 de agosto.

Player Ouça a reportagem

Publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (18), o decreto 1210/2019 homologou e regulamentou as entidades eleitas para participar da revisão do Plano Diretor de Maringá. De acordo com o documento, 50 grupos estão inscritos em seis segmentos diferentes. Entre eles estão conselhos municipais, movimentos populares, ONGs, entidades profissionais e de pesquisa, e afins.

A informação de que chegaria a 50 o número de grupos participantes foi dada em primeira mão pela CBN Maringá na terça-feira (16).

Na segunda audiência pública para discutir a revisão do Plano Diretor em junho houve vários problemas. Daí um prazo foi aberto para que entidades pudessem se inscrever. Ao todo, seis procuraram o Ipplam, o Instituto de Planejamento e Pesquisa, que está como responsável pela revisão. Seis grupos entraram no segmento de conselhos municipais.

No Diário Oficial também está o regulamento para a terceira audiência Pública. Será no dia 19 de agosto, a partir das 19h, na Câmara de Maringá. Entre outras ações previstas está o debate a respeito da revisão do Plano Diretor.

O Plano indica como o município deve funcionar nos próximos 10 anos em áreas de habitação e afins.

A revisão do Plano Diretor de Maringá mobiliza diversas entidades. Desde servidores da prefeitura, passando por arquitetos e urbanistas, chegando a movimentos sociais e conselhos. É uma disputa de poder e de espaço.

O Ipplam também já as cinco audiências nas Assembleias de Planejamento e Gestão Territorial, as APGTs. Serão entre os dias 26 e 30 do mês que vem.

Notícias da mesma editoria