Dia da Conscientização da Dermatite Atópica
Google Imagens/ Ilustrativa

23 de Setembro

Dia da Conscientização da Dermatite Atópica

Em 22/09/2019 - 13:20

Estima-se que 7% da população mundial tenha a doença inflamatória crônica caracterizada pela coceira e vermelhidão na pele. Maringá é a única cidade do país que tem lei de apoio às pessoas que têm a doença

Player Ouça

No sábado (21), foi realizado o 2º Encontro Anual sobre Dermatite Atópica na sede Sociedade Médica de Maringá. O evento teve a participação de profissionais da área, estudantes de medicina e de pessoas que têm a doença no município. A ação marca o Dia da Conscientização da Dermatite Atópica, celebrado nesta segunda-feira (23) no Brasil. Atualmente, estima-se que 7% da população mundial tenha a doença inflamatória crônica. Mas, somente Maringá, tem lei em prol dos pacientes, como explica a dermatologista Sineida Berbet Ferreira.

Caracterizada pela coceira e vermelhidão na pele, o diagnóstico de dermatite atópica é um pouco demorado. A filha do assessor parlamentar Guilherme José de Oliveira passou por vários pediatras até a descoberta da doença.

No caso da artesã Elza Soares, a luta continua. Ela sofre demais com a coceira na pele.

Para a estudante de medicina Lais Guarnieri, o encontro anual foi importante porque os universitários tiveram a oportunidade de aplicar os conhecimentos teóricos da disciplina de dermatologia na prática.

No 2º Encontro Anual sobre Dermatite Atópica os profissionais também fizeram o encaminhamento de pacientes para tratamento de graça no Laboratório de Dermatologia Lins Vasconcelos.

Notícias da mesma editoria