Empresa de Maringá desenvolve caixa que descontamina objetos, eliminando inclusive o coronavírus
Aleksandro Montanha – Foto: Arquivo Pessoal

Coronavírus

Empresa de Maringá desenvolve caixa que descontamina objetos, eliminando inclusive o coronavírus

Tecnologia por Luciana Peña em 14/08/2020 - 10:06

Os micro-organismos são eliminados por irradiação com a luz UVC. A empresa está alugando os equipamentos para condomínios e residências.

A caixa que elimina o coronavírus foi validada pelo Tecpar, Instituto de Tecnologia do Paraná, e recebeu o Selo Inovação.

O equipamento foi criado seguindo os critérios de descontaminação estabelecidos pelo protocolo de Nebraska.

Com o nome de UVBox, a caixa funciona como um micro-ondas. Lá dentro o objeto recebe irradiação de luz UVC por até dez minutos e sai sem rastro de vírus ou bactérias.

O UVBox está sendo alugado pela empresa que desenvolveu o projeto, que é de Maringá.

Um dos empreendedores responsáveis pelo projeto é o empresário Aleksandro Montanha. Ele explica que a demanda é grande. A empresa já montou 140 equipamentos e aluga cada um por 500 reais ao mês. [ouça no áudio acima]

Mas o UVBox só descontamina objetos menores e que tenham todas as superfícies expostas à irradiação. A empresa está desenvolvendo um outro equipamento para descontaminar volumes maiores e sem a necessidade de exposição de todas as superfícies do objeto. [ouça no áudio acima]

A luz UVC também é prejudicial ao ser humano em contato com a pele. Os equipamentos têm sistemas de segurança para o desligamento automático em caso de necessidade.

Quer enviar uma sugestão, comentário ou foto? Encaminhe pelo WhatsApp para (44) 99877 9550