Escolas privadas pretendem reabrir estabelecimentos em Maringá
Foto: Divulgação/Sinepe-Nor/PR

Após reunião

Escolas privadas pretendem reabrir estabelecimentos em Maringá

Educação por Victor Simião em 31/08/2020 - 18:32

A medida é para receber alunos em algumas situações específicas, não para aulas. Um plano deve ser apresentado à Prefeitura até sexta-feira (04). 

Os proprietários e diretores de escolas privadas de Maringá pretendem reabrir em setembro os estabelecimentos de ensino. Uma proposta foi apresentada ao prefeito Ulisses Maia em reunião no Paço Municipal na tarde desta segunda-feira (31). A ideia, entretanto, não é retomar as aulas de forma presencial, mas, sim, receber alunos em algumas situações específicas.

Devido à pandemia do novo coronavírus, o setor de ensino tem realizado aulas de forma online.

Na reunião desta segunda, os representantes falaram que gostariam de fazer atendimento psicológico e individualizado ou para um grupo de até cinco crianças. É para dar sociabilidade, seguindo as normas sanitárias, disse o vice-presidente do sindicato que representa as escolas privadas, professor José Carlos Barbieri. [ouça no áudio]

Até sexta-feira (04), os proprietários devem apresentar um plano para essas medidas. Aí, a Prefeitura de Maringá irá avaliar e ajudar no que for preciso. A ideia é colocar a proposta em prática, quem sabe, já na outra semana.

O setor tem feito conversas com a Prefeitura nos últimos 60 dias. E na avaliação dos representantes, o prefeito Ulisses Maia estava mais aberto ao diálogo na reunião desta segunda, disse Barbieri. [ouça no áudio acima]

A CBN tentou conversar com o prefeito, mas ele teve de entrar em uma reunião na sequência. De qualquer forma, a Prefeitura de Maringá tem repetido que avalia cada situação que é demandada.