Esculturas de animais do Parque do Ingá são retiradas

Maringá

Esculturas de animais do Parque do Ingá são retiradas

Meio Ambiente por Redação CBN Maringá em 30/05/2022 - 19:30

A justificativa para a retirada consta nas respostas às sugestões de cidadãos na Consulta Pública ao Plano de Manejo do Parque do Ingá, realizada em 2021. 

As sugestões e respostas fazem parte de um documento de 49 páginas.

Segundo a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Maringá, as esculturas estavam deterioradas ou vandalizadas, com pontos de fragmentação e exposição de partes metálicas, o que significava um risco para os usuários.

O valor para restauração, apurado em 2021, era de R$ 75 mil. Mas a prefeitura não poderia restaurar as peças sem a autorização da artista plástica em função dos direitos autorais.

O Plano de Manejo do Parque do Ingá recomendou a retirada das obras, que primeiramente ficaram à disposição da artista, mas depois foram descartadas porque, segundo a prefeitura, não houve interesse por parte da autora das esculturas.

Ainda segundo nota enviada pela assessoria de imprensa da prefeitura:

“As áreas são descritas como de ‘uso intensivo’ e são muito utilizadas para piqueniques entre as famílias e visitantes, já com a disponibilização de mesas de concreto e um parque infantil. Não há previsão para instalação de outras estruturas. Em um dos locais foi possível colocar um equipamento, a moldura de fotos (espaço instagramável)”.

Os animais em cimento representavam espécies presentes na Mata Atlântica e foram obra da artista plástica Rosimeire da Conceição Anjos, de Manaus (AM). 

As esculturas foram instaladas no Parque do Ingá em 2011, nas comemorações dos 40 anos da reserva.

 
Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550