Evento em Maringá debate ‘cérebro do corrupto’
Divulgação

Congresso

Evento em Maringá debate ‘cérebro do corrupto’

Saúde por Carina Bernardino em 18/09/2018 - 15:53

O tema é de uma das 30 palestras que serão ministradas, em outubro, durante os três dias do Congresso Médico.

O Congresso Médico de Maringá – A Medicina do Futuro acontece entre os dias 11 e 13 de outubro. A palestra “O cérebro dos corruptos e a neurociência dos valores” será ministrada pela pesquisadora Débora de Mello Sant’Ana, que estuda neurociência e plasticidade neural há 25 anos.

Para ela, um corrupto é incapaz de associar seus atos com perdas futuras de outras pessoas. A neurocientista ainda diz que a pessoa aprende ser corrupta aos poucos, sempre que o cérebro vai testando seus limites. Ou seja, na infância a correção verbal e a punição são necessárias para que a criança aprenda sobre a consequência de seus atos.

A palestra será no segundo dia do Congresso Médico de Maringá, que será no Centro de Eventos Vivaro. Em três dias, serão mais de 30 palestras sobre vários temas, como inteligência artificial, nanotecnologia, uso de realidade virtual e estendida, construção de órgãos em impressora 3D, saúde mental dos estudantes e profissionais da área, relação entre médico e paciente, medicina humanitária, entre outros assuntos. Outras informações no site do congresso.