Expoingá lança pedra fundamental do Agromuseu
Foto: Carina Bernardino/CBN Maringá

Novidade

Expoingá lança pedra fundamental do Agromuseu

Expoingá 2019 por Carina Bernardino em 09/05/2019 - 21:45

O projeto pioneiro vai contar a história mundial da agricultura e pecuária. O investimento inicial é de R$ 4 milhões. 

O lançamento da pedra fundamental do Agromuseu ocorreu na noite desta quinta-feira (9), na Fazendinha da Emater. O projeto idealizado pela SRM (Sociedade Rural de Maringá) será desenvolvido no período de sete anos. O investimento inicial será de R$ 4 milhões, recursos da Lei Rouanet. A iniciativa, considerada inédita no Brasil, deve tornar o Agromuseu o maior espaço do tipo no país. O gestor do projeto, Marcelo Seixas, explica qual a importância da iniciativa.

O Agromuseu de Maringá também vai contar a história da ocupação dos territórios; os diferentes ciclos da produção rural; como viviam as famílias em cada um desses ciclos e os instrumentos que foram importantes em cada época. O conselheiro da SRM, Wilson Matos, diz que o museu será diferente dos dois existentes na cidade.

No lançamento da pedra fundamental, o Agromuseu já conta com fotografias que mostram importantes momentos da vida no campo na região de Maringá e com objetos que pertenceram a famílias de agricultores pioneiros. O espaço pode ser visitado no antigo barracão da Fazendinha da Emater.