Gilson Aguiar: 'pedofilia se combate com inteligência'
Imagem ilustrativa/Pixabay/domínio público

Opinião

Gilson Aguiar: 'pedofilia se combate com inteligência'

Por Gilson Aguiar em 29/03/2019 - 08:05
Player Ouça o comentário

A Operação Luz na Infância foi realizada ontem. Prendeu seis pessoas no Paraná. Ela foi realizada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública. Os presos tinham entre 23 e 53 anos. Foram encontrados materiais de pedofilia durante a operação. A internet é o ambiente onde os pedófilos encontram espaço para poderem realizar seus interesses e desejos.

O pedófilo, aquele que tem preferência sexual por menores de idade, em especial na pré-puberdade ou puberdade, não se identifica facilmente. Eles têm um comportamento comum. Estão em todos os lugares. Não há um comportamento que possa denunciá-los com facilidade. Log0, devemos desconfiar de todos? Não.

Precisamos aprender a entender as relações que denunciam a intenção do pedófilo e onde eles encontram o ambiente adequado para consolidar seu desejo. Lembrando que a pedofilia é uma prática histórica. Ela acompanha a humanidade e se tem relatos constantes de sua execução.

Não se pode ter a ingenuidade de que a pedofilia vá se extinguir. Ela pode ser controlada, diminuída, combatida, mas não eliminada. E com a emergência da internet de forma intensa em nossas vidas, com o seu submundo, ela se propaga com facilidade. Encontra um ambiente fértil em que se podem gerar comunidades que desenvolvam ações de pedofilia.

A liberdade de comportamento multiplica os riscos de interesses agressivos. Nossos filhos, crianças e adolescentes, estão expostos a este mundo. Jogados em um ambiente de possibilidades e interesses que as gerações de 30 anos há trás não tinham. Quanto mais se tem a possibilidade de realizar interesses, mas difícil o controle sobre o que pode acontecer.

Diante da complexidade das possibilidades que temos na atualidade, temos que ter consciência das consequências de nossas responsabilidades e atos. A dimensão de que o mudo que nos cerca tem que ser compreendido de forma racional. A pedofilia é algo a ser encarado na dimensão do que é, nem ignorar e nem gerar monstros desnecessários.

A sexualidade deve ser trabalhada com responsabilidade. É na família que o tema emerge e é nela que se tem a responsabilidade da educação. Muitos pedófilos tem acesso ao ambiente de intimidade da criança e invadem-no, em muitos casos, pela rede mundial de computadores. Gerar confiança em nossos filhos para que possam dividir conosco suas angústias, ajuda. Impor ordens para crianças e adolescentes não funciona, é preciso agir com responsabilidade.

Somos moralistas com temas que deveríamos conhecer para saber dialogar com responsabilidade com quem amamos. Quando deixamos em aberto a compreensão de determinados temas, abrimos espaços para que o elemento externo invada um espaço que nós deveríamos ocupar. Por isso, temos que conhecer o ambiente pedófilo para combater. Mais que isso, temos que romper a moralidade sobre a sexualidade para não deixar que a violência tome o lugar da responsabilidade e do amor.

Notícias da mesma editoria