Golpe do WhatsApp: como se prevenir para não cair nessa?
Foto: Marcello Casal Jr./Arquivo/Agência Brasil

Estelionato

Golpe do WhatsApp: como se prevenir para não cair nessa?

Tecnologia por Letícia Tristão em 18/05/2021 - 15:07

Os casos de clonagem de número e pedidos por ajuda financeira têm sido cada vez mais comuns. E a única forma de prevenção é habilitando código verificador no aplicativo. 

Quando um amigo aparece no WhatsApp pedindo ajuda financeira, já acende o alerta para os golpes. São as iscas preferidas dos golpistas. Links e confirmação por meio de códigos via SMS são estratégias que os golpistas usam para roubar os dados pessoais das vítimas e clonar o whatsapp, por exemplo. Aí mora o perigo de algum familiar ou amigo acabar caindo na armadilha.

A empresária Michelle Dell'Agnolo foi uma vítima desse golpe em Maringá na semana passada. Ela teve o WhatsApp clonado e os golpistas contataram a mãe dela pedindo R$ 1.500, mas a mãe desconfiou a tempo, antes de fazer a transferência. [ouça o áudio acima]

Michelle registrou boletim de ocorrência e ela conta que enquanto estava na delegacia, havia mais pessoas fazendo B.O da mesma situação. E o padrão desses golpistas é sempre pedir R$ 1.500. [ouça o áudio acima]

O delegado de estelionato Fernando Garbelini explica que o golpe do WhatsApp é bastante comum e os casos se intensificaram durante a pandemia. É comum que os golpistas entrem em contato se passando por um órgão conhecido e peçam por um código. [ouça o áudio acima]

Segundo ele, a única maneira de evitar cair nesse tipo de golpe é a prevenção, habilitando um código verificador no aplicativo. [ouça o áudio acima]

 

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550