Herval e Duque de Caxias poderiam ser ciclorrotas
Foto Ilustrativa: Arquivo/PMM

Mobilidade urbana

Herval e Duque de Caxias poderiam ser ciclorrotas

Trânsito por Luciana Peña em 16/03/2022 - 16:00

É o que sugere o arquiteto Thiago Botion Neri,  integrante da Ciclonoroeste. As avenidas centrais de Maringá poderiam ter velocidade máxima de 40km/h e indicação de tráfego de bicicletas, na opinião do arquiteto que estuda a mobilidade urbana e acompanha as políticas públicas cicloviárias. O difícil é convencer a sociedade. As ruas acalmadas, por exemplo, ainda encontram muita resistência. Thiago não acredita que a redução da tarifa do transporte coletivo tenha tirado bikes das ruas. “São modais complementares”, diz o arquiteto.