Homem é preso acusado de estupro e violência psicológica contra companheira
Foto: Reprodução/Google Street View

Maringá

Homem é preso acusado de estupro e violência psicológica contra companheira

Segurança por Monique Manganaro/GMC Online em 31/08/2021 - 19:55

Um homem foi preso em flagrante acusado de estuprar e violentar psicologicamente a própria companheira, em Maringá. O caso, que se tornou a primeira prisão por violência psicológica na cidade, está sendo investigado pela Delegacia da Mulher.

A situação foi descoberta depois que a vítima procurou atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Zona Norte. A mulher teria sido atendida com ferimentos graves pelas equipes médicas e, depois, registrou queixa contra o suspeito na Delegacia da Mulher. 

De acordo com informações do delegado Rodolfo Vieira, após receber as informações, a polícia localizou o homem e o prendeu em flagrante. Ele é acusado de estupro, lesão corporal e violência psicológica.

Com a prisão preventiva decretada pela Justiça, o suspeito permanece detido. Conforme o delegado, a investigação ainda corre sob sigilo. 

Violência psicológica

Este é o primeiro caso em que houve prisão por suspeita de violência psicológica após a inserção do crime no Código Penal brasileiro. A pena prevista é de seis meses a dois anos de prisão, além de multa. 

Pode ser condenado por violência psicológica contra a mulher quem causar dano emocional “que lhe prejudique e perturbe o pleno desenvolvimento ou que vise degradar ou controlar suas ações, comportamentos, crenças e decisões”. Ameaças, constrangimento, humilhação, manipulação, isolamento, chantagem, ridicularização e limitação do direito de ir e vir podem ser alguns sinais de violência psicológica. 

Acesse GMC Online

 

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550